30 de ago de 2011




enev





EXECUTIVA NACIONAL DOS ESTUDANTES DE VETERINÁRIA- ENEV

DIRETÓRIO ACADÊMICO DE MEDICINA VETERINÁRIA

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO

Gestão 2011/2012 “Humanidade”

D.A. VET. UFRPE


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------



MOÇÃO DE APOIO


Aos Técnicos-administrativos em Educação

Recife, 30 de agosto de 2011

O Diretório Acadêmico de Medicina Veterinária da Universidade Federal Rural de Pernambuco (D.A. VET. UFRPE), entidade legítima de representação dos estudantes de Medicina Veterinária do Campus Recife UFRPE, vem por meio desta manifestar seu apoio irrestrito à greve dos servidores técnico administrativos, assim como um enorme repúdio à truculenta repressão realizada pelo governo Dilma.

A garantia de um ensino laico, público de qualidade (dentre outros adjetivos) sempre deve estar referendada nas condições de uma Instituição de Ensino em oferecer uma estrutura física e pedagógica adequada à formação em questão.

Vivemos um período já longo de descasos com a classe trabalhadora e em meio a esse cenário os técnico-administrativos em educação mobilizados em greve reivindicam reajuste salarial, piso de três salários mínimos e step 5%, racionalização dos cargos, reposicionamento dos aposentados, mudança do anexo IV (incentivo à qualificação), devolução do vencimento básico complementar absorvido, isonomia salarial e de benefícios, contra a terceirização, revogação da lei nº 9.632/98 (extinção dos cargos), abertura imediata de concursos públicos para substituição da mão de obra terceirizada e precarizada em todos os níveis da carreira para as áreas administrativas e dos HUs, extensão das ações jurídicas transitadas e julgadas.

Enquanto isso o governo utiliza recursos bilionários para obras da Copa e Olimpíadas, superfaturadas pelas empreiteiras, gastando 45% do orçamento para pagar dívidas com banqueiros, e empresta bilhões de reais, através do BNDES, para o megaempresário Abílio Diniz. Dessa forma, desrespeita os trabalhadores com o discurso de que não é possível nem mesmo um reajuste salarial e aprova um vergonhoso aumento do salário mínimo. A situação atingiu um nível tão crítico, que a presidenta Dilma, outrora apoiada pelo campo majoritário da direção da FASUBRA, protocolou ação na justiça contra a Federação e mais 32 sindicatos de base requerendo ilegalidade da greve, com multa no valor de cem mil reais por dia.

Cert@s de que essa é uma ação coletiva de grande envergadura, trazemos um imediato sentimento de solidariedade com a classe trabalhadora. Colocamos-nos na luta conjunta para valorização dos trabalhadores em educação; a ampliação do ensino público e gratuito contra medidas privatistas como o PROUNI e o REUNI; a garantia do direito à greve e suspensão imediata das medidas de ajuste fiscal que lesam os trabalhadores e estudantes. Acreditamos que os movimentos organizados avançam para que a transformação dessa sociedade possa de fato ser concretizada.

Abraços na luta!

Diretório Acadêmico de Medicina Veterinária

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Universidade Federal Rural de Pernambuco

d.a.ufrpe.vet@gmail.com/ 3320- 6443

Carlos (81) 9137-1508; Gabriela (81) 9847-2246; Hadassa (81) 9966-1804; João (81) 9133-0223; Marcus (81)9710-7612; Maria Luiza (81) 9647-4724; Paulo- (81) 9122-4241; Rhaysa (81) 9801-3102; Sebastião (81) 8776- 2947; Wagner (81) 9675-9707

Nenhum comentário:

Postar um comentário