1 de abr de 2013

Não há o que comemorar

Alguns ainda teimam em comemorar o golpe de 1964. Como ironia do destino, este foi dado no dia da mentira, 1º de abril, e durou por longos anos (anos de chumbo 64-85).
O Brasil vivia um momento político de aproximação do governo com a esquerda nacional e por este momento e pelo medo dos todos poderosos com uma aproximação do maior país da América Latina com a URSS, costurou-se o golpe sob os olhares e ações atentas dos norte-americanos. Um período lamentável na história do nosso país, mas que como todos momento histórico tem que ser estudado e compreendido, pois nos explica muito do que acontece nos dias de hoje.
O DAMV lamenta todos os companheiros e companheiras mortos pelo regime militar, todos inocentes, muitos sem nem ter conhecimento algum do processo e mesmo assim perderam suas vidas e as tiveram destruídas pelas torturas cometidas pelo ESTADO. 

Nunca esqueceremos! Pela abertura dos arquivos da ditadura e punição dos torturadores já!

Nenhum comentário:

Postar um comentário