30 de jul de 2012

A gosto de GREVE


Já se vai mais de 70 dias de greve dos trabalhadores técnico-administrativos e professores na UFRPE e em 95% das instituições federais de educação. E o que os estudantes têm haver com isso? Só devemos criticar os trabalhadores da educação? Como podemos contribuir na  construção de um novo modelo educacional?
Passam de 30 Universidades com greve ESTUDANTIL, isso mesmo, GREVE ESTUDANTIL. Dessa forma, estaremos degustando atividades culturais no primeiro dia de agosto desse ano para ressaltar que a luta por um novo modelo educacional deve continuar.

Cronograma de atividades:  MANHÃ - 9h oficinas na frente do R.U. da UFRPE e, paralelamente, música, vídeos e clipes no R.U.
                                          HORA DO ALMOÇO - microfone aberto (para reivindicações, poemas, poesias, música, manifestações e qualquer outra coisa que a cabeça mandar)
                                          TARDE - a partir das 14h, Curta a Greve, apresentação de curtas-metragem com debates.
                                          NOITE - a partir das 18h, sarau com Benoni, o microfone estará aberto para apresentação de músicas, poemas, poesias...

Vamos deixar essa greve da educação pública com a cara dos estudantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário