29 de nov de 2012

O escafandro e a borboleta - Trailer


Levando a vida como um bon vivant, Jean-Dominique Balby era o famoso editor da revista Elle, nos anos 90. Cercado de belas mulheres, ele sempre estava pronto para novas conquistas. Com uma vida requintada e feliz, ele obteve sucesso em tudo o que desejou, tanto profissionalmente como no lado pessoal. Com três filhos, não vê problemas em abandonar a família para se dedicar a uma nova paixão. Prestes a começar a escrever uma adaptação de O Conde de Monte Cristo, Balby tem um derrame. 

Quando acorda, após meses em coma, Jean-Dominique percebe que algo estranho aconteceu. Ele parece estar em um hospital e as pessoas parecem não conseguir ouvi-lo. Logo, ele descobre a verdade: ele está completamente paralisado da cabeça aos pés e não consegue nem mesmo falar. Apenas sua audição e a visão ainda se mantêm. Além disso, um de seus olhos logo também fica inutilizado. Sem formas de conseguir se comunicar com o mundo, ele começa a perder toda a alegria que tinha antes da doença. 

Com a insistência de uma médica, que desenvolve uma forma de ele se comunicar com os olhos, ele se esforça na tentativa de tentar se expressar. Na cama do hospital, ele pode refletir sobre tudo o que viveu e todas as coisas que acabou deixando para trás sem perceber, inclusive a companhia de seus próprios filhos. Assim, Balby aprende a, letra por letra, narrar para uma secretária o que se passa na sua cabeça, para que ela o ajude a escrever o livro O Escafandro e a Borboleta

O filme é baseado na história real de Jean-Dominique, que em 1995 sofreu da rara doença conhecida como síndrome do encarceramento. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário